terça-feira, 28 de maio de 2013

Experiente não Velho


A fase da vida em que a beleza fica feia diante da sabedoria conquistada. Experiente não velho.
Como um conto p/ criança assim foi a vida pra mim, rápida e breve como um sopro.
Sol a sol os cabelos perderam a cor e caíram mais a cabeça ficou sempre erguida.
 Experiente, não velho, experimentado, não usado, ousado por viver até aqui mesmo sendo falho.
Vi a cidade crescer, vi as pessoas mudarem, vi criança virar adulto, vi adulto errar como criança, me vi criança, me vi adulto e agora me vejo assim, experiente não velho.
Vi gente boa virar ruim, vi gente livre ser presa ou se prender em bobagens, vi novos ficarem velhos, vi gente se encontrar na vida outros se perderem diante da morte.
Vi e vivi de tudo nesse tempo todo.
Vi meus filhos serem pais, vi meus netos se casarem e terem filhos, vi a família crescer rápido na breve vida.
Perdi coisas e ganhei outras, conheci pessoas e lugares, me diverti, chorei, sorri, senti dores e alivio, tive amigos, vivi e vivo até agora. Experiente não velho.
Doente tive cura, vivi acompanhado e só, vi a cabeça da nó por não entender essa coisa de voltar ao pó.   
 Muitos viveram bem mais morreram bem cedo, outros viveram mau mais não morreram, até hoje vivem.
Me lembrei dos da 1ª e da 2ª esquecerem os da 3ª idade.
Vi gente de 1ª de 2ª e de 3ª qualidade.
Passaram-se muitas primaveras e talvez verei ainda algumas delas.
Se foram muitos dias maus e bons, outros me farão visita, que venham e que sejam todos bem vindos.
Não deixei rastros na caminhada só pegadas ainda que meus pés desviaram do bom caminho, voltei e continuo fazendo na minha trilha rumo a eterna vida do eterno.   
É os anos me acrescentaram muito mais bagagem do que rugas e assim eu posso fazer uma bela viagem com o belo motorista da vida que sempre me fez companhia na minha cansada maratona.
Não tenho duvidas que farei uma ótima jornada pra lá assim como fiz até aqui.
Quando criança ouvia meu pai dizer que Deus cuida dos seus. Hoje entendo que o dono do tempo cuida de cada segundo meu.
Cada passo, tudo que eu fiz e faço, cada trabalho não foi vão e nunca será.
É professora vida você me ensinou muito na escola mundo e esse aluno quer aprender mais até chegar meu ultimo dia, enquanto ele não chega, vou aprendendo pra ensinar gente a ser gente como gente deve ser...Humano. Um pouco cansado mais bem aventurado, as vezes triste e solitário mais companheiro, solidário, silencioso não quieto, meio teimoso e inquieto, risonho meio sério, experiente... experiente não velho.

Cacau Siqueira     



2 comentários:

cacau parceiro tu teve com certeza de DEUS pra escrever isso tudo mano, não tem como tirar nem acrescentar uma virgula dai....... Obrigado pois fez eu lembrar de como era meu avô comigo que substitui meu pai que eu nunca tive valeu mano obrigado por escrever esse poema maravilhoso enquanto isso EU CONTINUO...

Cara , cadê aquele hip hop de elite ? ta fazendo falta o teu som , to sempre procurando algo novo . Saudade do rs , que aprendi a curtir quando conheci Abandona O Barco E Vamo . Show cara !

Postar um comentário